sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A meia luz de um abraço...


12 comentários:

Vieira Calado disse...

Lá virá o tempo

dum tango à média luz!

Bjs

ADiniz disse...

Pois quando corpos, uniram-se, inteira se fez a luz do amor.

Bjinhos com muito carinho e que dias que seguem seja sempre em sol Maior a vc,em vc!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

E a sinceridade no sorriso.

Beijo grande, menina linda.

Rebeca


-

VANUZA PANTALEÃO disse...

Oi, Pedras Nuas!
Que imagem de felicidade!
Sorriso aberto à meia luz de um gostoso abraço...é o mesmo que lhe envio nesse final de semana!!!

VANUZA PANTALEÃO disse...

Sempre "conversei" com os pássaros. Não desista, eles virão! São sensíveis e inteligentes, acredite.
Belas loucuras de primavera!!!

Vento disse...

À meia luz tudo se torna mais visível.

Barbara disse...

Isto é confortante.
Cobalto no azul ou azul no cobalto mas tudo é por causa do abraço - que deve ter essa cor.

António Machado disse...

Cara Amiga Pedrasnuas,

Vim aqui responder-lhe às questões que me perguntou no meu blogue e vejo um encantador abraço trocado entre duaS CRIANÇAS. Para si um grande abraço de parabéns pelo bom gosto.

Sobre as questões que me coloca respondo agora:

- O Tofu, o Seitan, os cereais bulgur, quinoa real e milet, bem como os coscus, são encontrados ou nas lojas de Produtos Naturais, tipo Celeiro e outros, ou ainda nas secções de produtos naturais das grandes superfícies comerciais, como o Continente, O Pingo Doce (este tem bifes de joja e salsichas de soja).

Sobre se há alguma forma de se ir introduzindo a este tipo de alimentação, só encontro uma: é mesmo começar. Desde que se comam os cereias; os vegetais e as proteínas (neste caso as proteínas estão contidas no Seitan, no Tofu, no feijão de soja, nos feijões, no grão, lentilhas etc., etc.)

Pode fazer hamburgers de soja, de feijão, de grão ou tudo o que possa cozer, retirar a água da cozedura e transformar o que cozeu em puré, Depois dir-lhe-ei mais, pois num comment inundá-la de informação poderá significar que pretendo impigir algo, o que, de todo, está fora das minhas intenções.

Um abraço

António Machado

Judite (Dite) disse...

Um abraço sabe sempre bem a qualquer hora, mas a meia luz,
dá-lhe um gosto especial.
Um beijo,
Judite

O Profeta disse...

Passei para te deixar um terno beijo...

b disse...

Olá.
Tô deixando uma sugestão porque sinto e leio que tens inteligência prá ir olhando um espaço ótimo que descobri:
mary-assuntosdiversos.blogspot.com

Abraços.

Parapeito disse...

e que aconteçam muitos abraços.
****