quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Estou irremediavelmente só...


Nota: Penso ser pertinente esclarecer a razão deste trabalho para que ninguém fique a imaginar que me sinto só...ou que o mesmo se refere a mim. Trata-se de uma chamada de atenção para a grande solidão de muitas crianças. Quando se fala em solidão,pensa-se num adulto mas existem muitas crianças abandonadas dentro do próprio lar.

21 comentários:

Chica disse...

Triste solidão!um beijo,tudo de bom,chica e fica bem!!!

Lilá(s) disse...

Consegues imagens incriveis!
Beijos

Nilson Barcelli disse...

Sê boa companhia de ti própria.
Um beijo, querida amiga.

linda lourenco disse...

Só já não estás vem ai gente :):)

Beijossssssss!!!

Multiolhares disse...

todos de alguma forma neste mundo sombrio sentimos solidão
Bj

g disse...

Só tenho a dizer que nunca será irremediavelmente!!!!

Ana Oliveira disse...

Pedrasnuas

Pois entendi!

...e não estamos todos "irremediávelmente sós" ?

...a sós connosco, com o mundo, com o Universo...sendo seres individuais, os outros são elos que nos tocam, nos completam, mas são também eles sós...

elo a elo se faz uma cadeia...


Pois eu deixo beijos e abraços porque vim visitar uma amiga e ver-lhe a arte e a alma...e agora vou apanhar ar e tirar umas fotos...coisa que não se faz aqui sentada, não é?

Petrus Monte Real disse...

Pedras,
Tento pela segunda vez o envio do presente comentário.
Agradeço muito as palavras deixadas no meu espaço.

É bom saber que há algo em comum, pela via da Arte.

O post constitui mais uma bela e sugestiva imagem em perfeita harmonia com o título.
Toca-nos profundamente.
Procuro e quero entender.
Voltarei, se me for permitido.
Beijos

Tatiana disse...

Só ficará sozinha se quiseres...
A vida pulsa em ti!

Beijos com o meu carinho

EDER RIBEIRO disse...

Venho aqui para encher os meus olhos de beleza. Bjos.

rosa-branca disse...

A solidão só é boa companhia quando se está acompanhado. Beijo meu

Parapeito disse...

pois é...tantas crianças assim...que vao tormar se adultos muito provávelmente ...irremediavelmente sós...
Uma foto para pensar******

ADiniz disse...

Boa Noite moça

Achei piada sua nota explicativa
Isso me faz lembrar quando vamos a uma exposição e logo abaixo ao pé da tela encontramos uma tira enorme descrevendo do que se trata a pintura abstrata artista. Pode?!
Penso que como eu e um grupo de artista vc trata a arte como um meio de manifestação sobre o que acontece no mundo que nos rodeia, chamando atenção do publico, pela sua ótica.
Bem para os mais imediatistas uma legenda sempre ajuda, o que é uma pena, pois toda a arte tem por objetivo de desenvolver o processo criativo tbm do espectador.

Bjinhos e um bom final de semana cheio de solM “ dentro de vc”

ADiniz disse...

Faltou dizer que gostei do tratamento da imagem me fez lembrar litografia, pena que se perde muito a qualidade da imagem visualizando por este meio.

Bjinhos de cá.

O Profeta disse...

Sonhei
Com mares, com uma longa travessia
Desfraldei uma vela alva
Naveguei na chegada, na partida morria

Sonhei que era um cavaleiro andante
Por dias de inquietante perdura
Avistei um vagabundo num espelho de água
Era a minha alma talhada em pedra fria e dura


Doce beijo

Su disse...

Olá queridaa...

Sei do que falas e espero que contornes a solidão desta criança... de certo modo sei que sim.

Beijo quentinho do sul

Brown Eyes disse...

A foto transmite solidão e transmite o que se passa com muitas crianças que vivem com os pais, não estamos a falar de miúdos órfãos. Tu consegues transmitir mensagens tão importantes com uma foto. Beijinhos para ti Pedras

AFRICA EM POESIA disse...

Entro aqui e sinto MAGIA

vim deixar um beijo e...

OUTONO


Estou a ver-te...
Árvore de Outono...
Porque estás nua?
Porque deixaste fugir
As tuas folhas...
E os teus ramos...
Ficaram secos e frios...
Longos e nus...
Porque deixas
Porque sofres?
Porque tem frio?

Porque...
É preciso renascer...
É preciso sofrer...
Para viveres novamente...

E assim árvore nua...
Vais voltar...
Mais frondosa...
Mais bonita...
E...
Vais estar outra vez...
Pronta para a nova Primavera..

LILI LARANJO

Vieira Calado disse...

Apreciei as imagens.

Saudações poéticas

Em@ disse...

é, este é um assunto pertinente. e devemos estar atentos aos sinais. as crianças estão demasiado ocupadas e depois têm pouco tempo para si e para interagir com os seus pares e adultos. as nossas crianças são funcionários públicos cheios de actividades e horários.E depois é ver a solidão acompanhada estampada nos seus rostos, porque não há tempo da partilhar a brincadeira, a descoberta. deixou de se poder cabriolar à vontade no exterior...e viciamos as crianças nas novas tecnologias.

Virgínia do Carmo disse...

E a solidão de uma criança entristece muito...

Gostei muito de passar por aqui:)

Um abraço