sábado, 13 de dezembro de 2008

Epicentro de um sonho

14 comentários:

tulipa disse...

Obrigada pela tua visita ao meu canto e gostei muito do que vi por aqui , alguma irrevência , uma forma diferente de tratar as coisas.
Vou te adicionar para não te " perder"
um abraço
tulipa

Verónica disse...

Bem vinda Tulipa. Eu é que agradeço a tua paragem.
Obrigada por me adiconares.
Não me percas...que eu não te perco
Um abraço.

Fernanda disse...

Conseguiste entrar no imaginário das crianças...:))
Sempre surpreendente e mágico.
Está lindissimo,...só uma criança para conseguir transmitir a leveza do espirito,...personificado nos balões.

Tiveste, como sempre um momento criativo do melhor..:)
Gostei muito.

Boa semana pra ti

Verónica disse...

Amiga,eu só entrei no imaginário das crianças porque elas me conduziram até lá.
É do mais gratificante que existe a reciprocidade entre nós e as crainças.
Folgo em saber que gostaste.
Boa semana

Smile disse...

“Sobe sobe balão sobe
Vai dizer àquela estrela
Que me deixe lá viver
E sonhar”
Sonhar para além do espelho
Sonhar para além da realidade
E melhor quem pode fazer isso, senão as crianças.
Adorei menina Verónica :-)
Bjs voadores

Verónica disse...

Adorei o teu comentário ,smile!
"Sonhar para além do espelho
Sonhar para além da realidade"
Menina Smile ´meia dúzia de beijinhos num desses balões...lol

Eu sei que vou te amar disse...

Um mundo pleno de sonho, onde as cores da realidade se misturam com a intensidade que colorimos a magia nas maos de uma criança!
Um beijo doce

João da Silva disse...

Que imagem forte... que símbolo para nos obrigar a refletir.
Beijos, minha linda, com aroma de rosas, do João

O Profeta disse...

A arte tem uma particular força em tudo aquilo que fazes...


Doce beijo

Verónica disse...

Naela,adorei o teu comentário...com tanta magia e sonho!...
que esta corrente positva de pensamentos transforme o nosso mundo
Beijinhos

Verónica disse...

Oi João! Você é lindo meu jovem!

Que a magia das crianças seja uma estrela no corção de todos os homens!

Com o mesmo aroma de rosas digo até já!

Verónica disse...

A mesma ternura de sempre Poeta incorrigível!

Beijo doce

Parapeito disse...

:))
Imaginas o que vou dizer??
Penso que aqueles miudos...estavam a pensar...Que pinta se tivesse aqui um alfinete:)

Poes sempre a minha imaginação a trabalhar...

Um momento bonito...como é teu costume deixares ,para quem vem até aqui***

Verónica disse...

O teu comentário fez-me rir! Lol
Um alfinete?! Tu és demais!
Adoro pôr a imaginação a funcionar...
Espero estar sempre à altura de surpreender!
Até sempre