terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Retrato de família

13 comentários:

Fernanda disse...

O mundo encantado das crianças,... pode ajudar-nos a ver o mundo muito mais próximo daquilo que é importante...
E o mundo das crianças é tão simples e tão genuino de amor que deviamos seguir o exemplo.
Mas, crescemos e começamos a complicar tudo e as brincadeiras e os sonhos onde tudo era possivel,...com o tempo desvanecem e tomam outras cores que não estas,...e vamos ficando mesquinhos e acabamos muitas vezes por tornar os sonhos possiveis em impossiveis.

Adorei.

Fernando Rodrigues disse...

Ficou muito giro

bjus e Feliz Natal

Verónica disse...

Fernanda
Eu trouxe o mundo encantado para todos sonharmos...
Muito bom o teu comentário!

Beijinhos e Feliz Natal para ti que me tens acompanhado desde que criei este espaço...

Verónica disse...

olá chana! Obrigada

Eu sei que vou te amar disse...

Retrato de familia, a união e o amor que fortalece os sentimentos, o equilibrio que precisamos para tornar o nosso mundo magico, a receita da vida onde os laços permanecem no mais fundo de nos!
Um beijo doce

Verónica disse...

Adorei o teu comentário Naela!

A família é sem dúvida a pedra basilar para o crescimento saudável de qualquer criança.

Beijo doce

Nota: Estás muito bem na foto!

Dantins disse...

Belo retrato de família :)
E por falar de família desejo um Feliz Natal para ti e para a tua.

Bjos

Verónica disse...

Obrigada dantins! O mesmo para ti

meus instantes e momentos disse...

Ano Novo, é o resto de sua vida, é o daqui a pouco, é o amanhã é o tudo que está por vir.
Pegue sua força, sua vontade,e se jogue na vida. A Felicidade te espera,olhe pra frente
vibre, lute, na consciência que nada é impossivel. Se não acontecer hoje ou amanhã, vai acontecer depois.
Viva a vida em toda sua plenitude. Que seu coração lhe guie, e sua razão lhe de o rumo, o prumo.
Pegue seu sonhos coloque debaixo do braço,levante a cabeça, e vá.......Voce pode, acredite. Sempre.
Felizes anos que ainda vem.
é o que eu desejo a voce.
Maurizio.

Verónica disse...

Belo comentário Murízio...Obrigada.
Do fundo do coração...
Que as suas palavras façam eco dentro de mim,dentro de si,dentro de cada um de nós e se realizem ...
Beijo

O2 disse...

A família o que nos dá abrigo... eu como perdi os meus pais muito cedo, dou mto valor a esse amor, feliz ou infelizmente depois da morte deles, senti bastante mais apoio de alguns amigos do que propriamente me sobrou de família... enfim, é a lei do salve-se quem poder, e sem querer ferir susceptibilidades, sinto que as pessoas em Portugal vivem mto para si, numa espécie de clausura emocional, dão-se mto pouco, desconfiam de tudo e de todos, e já nem falo naqueles invejosos, enfim, gente assim afinal tb há em todo o lado, sei lá, tb n posso generalizar, acho que falo mais no meu caso, no que tenho sentido quando ai vou.

Pedrasnuas disse...

Lamento que tenhas perdido os pais cedo! A família devia ser o porto abrigo mas cada vez é menos isso!
Acredita!O conceito de família alterou-se profundamente!

Vive-se muito a lei do mais poderoso!
Concordo contigo, em Portugal vive-se numa clausura emocional!
Eu padeço desse mal; a droga da desconfiança...reconheço que é atrofiante!
Eu vivo e sou madeirense...

O2 disse...

Vives na Madeira?
:)
Ando á anos para conhecer esse paraiso no mar plantado! Dai essas fotos geniais, estas rodeada de arvores!
Pronto, parei por aqui...

Beijos