segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O vento suão vem chegando...

25 comentários:

tulipa disse...

Os ventos trazem e levam tristezas e alegrias.

um abraço
tulipa

JPD disse...

Por aqui corre uma brisa frescota.

Não faz mal.

Os dias são soalheiros em pano de fundo azul-céu.

Está divinal!

Saudações

ADiniz disse...

Eu ficaria sentada no alto da cruz a espera,
Pois tão bela imagem que abranda meu coração.

Bjinhos Perdas feito este violeta que encobre esta paisagem..

Lídia Borges disse...

O vento varrendo o azul do ar.
Lindo!

Vieira Calado disse...

Cá no burgo

o que incomoda é a nortada.

Do sul é calor e água quente, no mar!

beijinho

Tatiana disse...

Que cheguem os novos ventos trazendo a renovação!

Beijos com meu carinho

Lilá(s) disse...

Que venha, a gente espera por ele...
Bjs

Isabel José António disse...

Olá Pedrasnuas,

O vento suão vem chegando
Trazendo o sal do azul mar
Vem como quem vem beijando
Nos envolve e quer abraçar

Descobre em nosso íntimo SER
Que somos um só com a VIDA
E se tivermos olhos para VER
Vemos o amor a prenda querida

Parabéns por tão bela foto.

Um abraço.

José António

PS.:
Já actualizámos todos os nossos blogues. Se quiser dar uma olhadela...sinta-se convidada.

Nilson Barcelli disse...

E quando ele chega há sempre algo que muda...
Aproveita as mudanças da melhor maneira.
Um beijo, querida amiga.

Anderson Fabiano disse...

não conheço esse vento, mas sempre gosto das mudanças que produzem. então, sento-me aqui de longe e fico aguardando as mudanças que ele lhe reservou.
meu carinho,
anderson fabiano

Sandokan disse...

Às vezes é preciso abanar a árvore da existência para caírem as folhas velhas. Talvez seja por isso que eu não quero saber quem pintou o céu de azul, mas eu quero é o resto da tinta, porque nós podemos matar o tempo, mas é sempre ele que nos enterra.
Gostei muito de vir aqui visitar o teu belo espaço. No carácter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude. O destino une e separa pessoas. Mas nenhuma força é tão grande para fazer esquecer pessoas, que por algum motivo um dia nos fizeram feliz!
Nunca desistas dos teus sonhos… e nunca os deixes para trás. Encontra-os, torna-os próprios e durante toda a tua vida tem muito carinho por eles e nunca os deixes partir. Necessitas de muita dedicação para realizares os teus sonhos, porque eles não se realizam por magia dado que a magia é pura ilusão – o alimento dos perdedores - que nunca te vai tirar do lugar onde te encontras.
BOA SEMANA!

legalmente loira... disse...

que venhan e nos traga uma brisa suave.
que linda imagem.
sabia que vc é um encanto.
obrigada por tudo.
um abraço fraterno
com carinho da rita.
bjos.

entremares disse...

É um vento saboroso este, que nos arrasta para dentro das cores, desse azul profundo que pintou a tua imagem...

Já chegou, esse vento.
E ainda bem que chegou.

Tudo de bom para ti,
Rolando

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do blog Seara de Versos. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Eu sei que é ridículo da minha parte te mandar essa propagando control c control v, mas sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas no blog da Lídia Borges, ela inclusive é seguidora do meu blog, claro que ela faz isso mais por gentileza do que pela qualidade do meu texto, mas estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs


Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

Delfim Peixoto disse...

Depois do vento vem a brisa

Fabrício Santiago disse...

O vento da minha vida é o minuano, que tropeia meus fantasmas. Tenho uma relação com esse vento, quando ele passa pelas bandas do sul as árvores bracejam, é lindo.
Beijos
Fabrício

a disse...

Que aqueça os corações esse suão.

Chris disse...

Os ventos nas suas rotas, o do Sul é intenso, o do Norte agreste.
Um beijo
Chris

Eu sei que vou te amar disse...

Minha linda, quantas vezes nos perdemos nas asas do vento, sentindo a brisa beijando a saudade!
Um beijo muito carinhoso

Barbara disse...

Imaginei um vento, é óbvio, porém um vento trazendo um Rei e seu cortejo.
Teu talento sempre induz a uma "viagem" pro mundo interno.

Fabrício Santiago disse...

Obrigado pelo seus comentário. Olha, eu escrevi um novo texto hoje, te espero por lá.
beijos
fabrício

CR disse...

Que chegue assim, de mansinho, e te traga paz.

AnaMar (pseudónimo) disse...

Não sei esperar, mas perante esta bela imagem, sento-me, encosto-me e...

Bj

Eva Gonçalves disse...

Só agora vim ver algumas das outras fotos... muito bonitas, como esta! Vou voltando!

Anónimo disse...

imparato molto