quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Mi dibujo VII

20 comentários:

EDER RIBEIRO disse...

Não sei o porquê, mas a ilustração me passou sofrimento. bjos.

AC disse...

Deslizo o pensamento pelos assomos da indefinição. Qualquer coisa que se sente, qualquer coisa que se insinua. Perplexo de tanto olhar, pego no objecto e levo-o comigo. Ao jantar hei-de conversar com ele e dar-lhe do meu melhor vinho...

Pedras, estava a olhar para o teu dibujo e saiu-me isto... :)

Beijo :)

Fê-blue bird disse...

Minha amiga:
Sabe como eu vejo este seu dibujo, uma mulher de joelhos, vergada pelo peso das vestes ou da vida.

Beijinhos e bom fim de semana

Pedrasnuas disse...

ESTOU A GOSTAR DAS VÁRIAS INTERPRETAÇÕES...CONTINUEM...O ABSTRACTO CONDUZ A ISSO MESMO...

OBRIGADA

JB disse...

Pedras,

Que é de uma beleza estraordinária onde cada um pode dar liberdade aos seus olhos, não tenho dúvida! Os meus hoje viram… Um viajante que descansa um pouco, e que nunca viaja sozinho… no cântaro o recheio de uma vida que jorrou, momentos preciosamente guardados em cada gota que vai sorvendo para se alimentar das recordações; nos acessórios - onde se apoia - (ainda que nesta condição de vida sejam os seus bens essenciais) transporta consigo a companhia, pois não se sobrevive só do corpo… quando a solidão o atentar poderá dar-lhe luta com as mãos delicadas pegando nos pincéis, nas telas, nas folhas de papel, desenhando a sua arte, que fazem a sua história…
Indenpendentemente da tua intenção, digo-te que “AS TUAS MÃOS SÃO EXTRAORDINARIAMENTE BELAS!!!” :) porque os teus trabalhos só à primeira vista se mostram a preto e branco… logo depois todas as cores os invadem, colorindo a nossa mente... Não vejo o lápis com que desenhas… mas a arte viva dessas tuas mãos!

Um grande beijinho!
P.S. Juro que não bebi nada!!! :)))))

José Sousa disse...

Olá Pedranuas!
Esta imagem, defacto, dá-me a impresão de ser uma mulher "Talibã" de joelhos e cabeça no chão virada para "Meca".

Passa lá no meu informador da realidade sobre a terra que amo http://www.angolaeseusfilhos.blogspot.com

Um grande beijo

JB disse...

Absorvida pelo teu trabalho, esqueci-me... quero agradecer-te muito pelo comentário ao FLORES DO DESERTO, mas não o mereço... eu simplesmente "brinco" com as palavras que sinto, a sério! Saem de dentro de mim, é verdade... mas depois são as pessoas que as lêem que lhes dão a cor da poesia :)

Obrigada!
Beijinhos

Virgínia do Carmo disse...

Eu, dei por mim a procurar "sub-figuras" misturadas na figura...
Gosto muito :)

Beijinho

Lilá(s) disse...

Ainda um dia vais colocar o titulo né? por vezes tenho dificuldade em interpretar...mas afinal tens uma galeria de arte ou trabalhas no duro!!!!
Bjs

AC disse...

Pedras, como gosto dos teus dibujos, voltei com intenção de fotografar este. Mas o malandro fez-se de difícil! Repara só no meu esforço...

- Ei, psiu, olha para mim, só te quero fotografar, espera aí...
- Lindo menino, aguenta-te assim, agora só tens de te virar para mim ...para que eu possa fazer uma fotografia de frente, sim?
- Espera, ainda não terminei, deixa-me ver-te melhor...Agora pretendes atacar tubos?!
- Não acredito que ele esteja envergonhada...vem cá dibujo...Ui tanto medooo...! Ou isso é zanga?
- Lindo dibujo, porque evitas olhar-me de frente? Não te farei qualquer mal...
- Vês como não foi complicado! Até já consegues estar mais à vontade...Agora queres umas festinhas como recompensa? Meu dibujo fofinho, sei perfeitamente que fizeste um esforço...e tu compreendes o meu?

:))
Espero que tenhas sentido de humor :)
(Calma, eu sei que tens!)

Beijo :)

AC disse...

Pedras, limitei-me a utilizar as legendas que que usaste na série de fotografias da gatinha. Espero que me desculpes a maldade. :)

Beijo :)

Sheila disse...

Olá minha amiga, vi neste teu trabalho, um casulo, uma borboleta ou mariposa, tentando se despir do que a incomoda para ter a liberdade desejada. Parabéns.Beijos.

tulipa disse...

Sempre mágico este lugar.
um abraço
tulipa

Manuela Freitas disse...

OLá Pedras,
Teus dibuxos são instigantes e eu fico a analisar, a analisar...uma ideia surge, outra a remove e outra avança...
O teu dibuxo parece-me, em última análise, a personificação da derrota!..Mas esta dedução não me satisfaz!!
És uma artista!
Beijos,
Manú

silvioafonso disse...

.


Sei lá, eu que nem cá,
sei...

silvioafonso





.

Dantins disse...

O meu preferido é este VII!

Um abraço

al disse...

Estranhamente fascinante...

CR disse...

Impressionantes estes teus trabalhos, Pedras.
Não me perderei sequer a tentar descobrir o significado de cada traço mas sim a admirar a beleza de cada conjunto. Parabéns.
Bjo

Folhetim Cultural disse...

Parabéns pelo blog e pelos textos... Tenho um blog chamado Folhetim Cultural gostaria que visita-se este é o endereço: informativofolhetimcultural.blogspot.com
Vamos trocar conhecimentos...
Ass: Magno Oliveira
Folhetim Cultural

Pérola disse...

Muito bom te rever amada.
Vamos brindar ao nosso reencontro?
Brindemos rs.
Beijos perolados.