sexta-feira, 29 de agosto de 2008

O menino Abandonado

8 comentários:

Fernanda disse...

Lembrei-me da história do Patinho Feio...:))

Há sempre um que destoa e se sente abandonado pelo grupo.
Mas um bom coração,...nunca se transforma no contrário e no fim...
já não há abandono, mas a certeza de que se é igual e em quem se pode confiar e com quem se pode partilhar todas as coisas boas da vida.
Gostei.

Bom fim de semana...

Verónica disse...

O Calimero!Adorava esse patinho!
Um bom coração pode se tranformar no que ele é,não no que os outros querem que ele seja.
Um bom coração pode ter o condão de mudar a vida à sua volta.
Ninguém é igual Ninguém.
Por isso é tão importante o Respeito pela Diferença!
Bom fim de semana.

O Profeta disse...

Fecham-se as janelas de poente
Acenderam-se os luzeiros no céu
A cidade desperta para o arraial
Uma noiva procura o perdido véu

Os acordes da Banda no Coreto
Uma tuba marca o compasso
O clarinete dança na calmaria
O Maestro solta gestos no espaço



Bom fim de semana



Mágico beijo

Verónica disse...

Lindo...lindo!
"Fecham-se as janelas de poente
Acenderam-se os luzeiros no céu"
Que encanto de imagem poética !

Mil beijos mágicos

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Meu corpo se alimente de vida, de alegria,
meu pranto de esperas foi enterrado
as horas densas ,intensas,são todas minhas agora.
Adoro vir aqui.beijos

Verónica disse...

A martha poética?!
" Meu corpo se alimente de vida, de alegria,
meu pranto de esperas foi enterrado
as horas densas ,intensas,são todas minhas agora."
Muito bonito,aprovadíssimo!
Beijinhos

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Dei uma passadinha, deixo um beijo

Verónica disse...

Foi muito simpático da sua parte.
Outro beijo para si Martha