segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

À procura do que esqueceu...

27 comentários:

Tatiana disse...

Eu lembrei da minha avó...
Ela sempre foi uma guerreira, uma mulher ativa e moderna para a epóca dela.
Hoje voa em seus pensamentos...
Um beijo carinhoso para você

LR disse...

gosto de rugas, porque cada uma é uma estrada percorrida...
depois dos olhos, os rostos dizem tudo.

Anónimo disse...

E esquecer o que se procura...? Tantas vezes acontece, sem ter tempo de procurar...

Anónimo disse...

Momentaneamente,porque um dia sem se lembrar vai encontrar o que esqueçeu,nem que seja por breves momentos...
Sensibilidade da tua parte...Bjo

legalmente loira... disse...

suas fotos são
emocionantes.
agora lembrei de tanta gente
que vive a procura do que ja se esqueceu.
você é muito especial em tudo o que posta e faz.
obrigada por tudo.
e principalmente por sua senssiblidade.
com bjs meus.

Sofá Amarelo disse...

Há o esquecimento deliberado e há o esquecimento por acaso... a memória tende a guardar só aquilo que é importante... para nós, não para os outros...

Pedrasnuas disse...

ANÓNIMO....OBRIGADA. MAS NESTE CASO NÃO SE LEMBRA MESMO...

BEIJINHO

VANUZA PANTALEÃO disse...

Amiga,
A nossa memória é uma caixa de Pandora. Ali, tem de tudo, rsrs. A minha se reporta até os primeiros anos de vida...
Há coisas que não gostaria de lembrar, não me servem para nada.
Tá vendo? Você nos fisga, nos provoca. Legal! Gostei mesmo. Nos reporta à questão do envelhecimento. A ciência anda dizendo que há "janelas" nos cerébros dos idosos. Sei lá!

O "louco" foi baseado num projeto de uma TV especializada em resgatar os talentos dos doentes mentais. Lindo projeto! Ainda voltarei a falar sobre...

Beijos, obrigada!!!

Manuela Santos disse...

Como sempre, excelente fotografia, o tratamento que tem é muito bom, quem me dera saber fazer isso...
Quanto à fotografia é triste, quando as coisas na mente ficam enubladas e é difícil lá chegar!...
A velhice sempre foi para mim uma questão muito comovente...
Bjs,
Manuela

Brown Eyes disse...

Mais uma faceta da velhice: o esquecimento.

ONG ALERTA disse...

Não esquecemos de ninguém basta saber sentir no coração, todos estão mais perto que imaginamos, paz.

Pérola disse...

Bom dia minha linda.
Estou nesse tempo amiga.
Vivo procurando o q eu esqueci.
Um linda dia.
beijokas.

Parapeito disse...

quem me conhece sabe que um dos meus maiores pavores...é esquecer me de mim e dos outros....e tambem que me esqueçam...
Abraço ruim para ti que ja sei que gostas :P

Pérola disse...

Bom dia minha querida.
Já te falaram q sou pentelha?
Obrigado pela visita.
Um beijo.

Lilá(s) disse...

Esta foto deixa-me triste, é tão real!
Bjs

Lídia Borges disse...

OH! Uma expressão linda no rosto do esquecimento.
Perfeita sintonia entre a imagem e as palavras.

Um beijo

Delfim Peixoto disse...

Sim... sim, ser-se idoso não é ser-se velho


Eu digo, porque sou capaz, que por vezes devemos deixar voar as aves...
Outras, quermos apanhá-las ...

E também me sinto como tu!!!

Valéria disse...

Desculpai-me viver ainda:
que os destroços, mesmo os da maior glória,
são na verdade só destroços, destroços.

Cecília Meireles, in 'Poemas (1958)

Silvana Nunes .'. disse...

Realmente é uma verhgonha o que está acontecendo. As pessoas matam e fica tudo por isso mesmo.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom dia.
Saudações Florestais !

b disse...

Nada é mais algoz do que o que não se viveu.
Deixam mais marcas do que o que se viveu.
Tal imagem no todo me impressiona nesse sentido.

A.S. disse...

Pedras Nuas...

A expressão do rosto é ao mesmo tempo serena e agitada...
Noto um esforço de recordar algo já distante, nas noto tb uma atitude de contemplação de coisas que nunca esqueceram!

Mais um belo trabalho teu!

Um beijo
AL

Maria Clarinda disse...

Como está lindo este teu retrato...Rosto marcado, mas ...apesar da procura do que esqueceu...vivo.
Jhs

Eu sei que vou te amar disse...

Um rosto expressivo, onde as rugas escreveram a historia do passado e o mapa do futuro!
Um beijo sem idade

Vieira Calado disse...

Quando se chega a essas idades...

muito procuramos

do que já esquecemos...

Bjs

Pérola disse...

Uma linda noite.
Já estava com saudades.
Eu sou pentelha amiga hua hua hua.
Beijokas.

Anderson Fabiano disse...

a mágica da sua poesia reside, sem dúvida, na força das imagens e nessa brilhante escolha de cores pra realçar o preto e branco.

você, amiga, pode até falar pouco, mas,diz muito. parabéns! (uma vez mais)

meu carinho,
anderson fabiano

JPD disse...

Relembrando momentos de alegria e felicidade...

Saudações