quinta-feira, 9 de abril de 2009

Altruísmo em tempo de guerra


12 comentários:

Vieira Calado disse...

Venho desejar-lhe

uma Boa Páscoa.

Bjs

ADiniz disse...

A maior guerra é a interna,é por ela que surgem as guerras exteriores.
Altruísmo é pessoal,
sei lá
por qual batalha teve
para fazer trincheira.

Puxa você é muito boa mesmo,
o dueto imagem e titulo.
Me encomodou.
Aff! e pelo que estou a perceber
vc começou com um novo tema.
Ai, ai,ai, talves isso venha me
silencia.
Sabes que te admiro como fotografa, + uma x, parabéns.

Beijinhos.

A.S. disse...

Se me perguntasses o que é a guerra, que diria?
Diria que nos olhos que irradiam a pergunta, cintilam as respostas!
Estou a vê-las projectadas em ti!

Porém, em todas as guerras há um não sei quê de imortal e misterioso, que está para além de todas as palavras, de todas as lógicas, de todas as metáforas cujo significado é, em si mesmo, detonador das guerras interiores que travamos dentro de nós. Chama-se altruismo! E não raras vezes tem um efeito preverso...

Acho que também vejo isso dentro dos teus olhos!

Ah!... a Foto está, como de costume, sublime!

Beijos...

Fernanda disse...

Trabalho espectacular...
No meio do desespero que é viver uma guerra,...há sempre uma mão,... um sorriso,... uma partilha de amor e amizade entre quem sofre,...que ilumina de novo o caminho e tudo se recompõe,...e tudo de novo se reconstrói.

Gostei.

Um beijo

Ana Gotz disse...

Bela foto!

CR disse...

Que fotografia, Pedras! Adorei as expressões, o movimento e sobretudo o que fica por dizer...
Uma Páscoa Feliz.
Bjo

Dantins disse...

O altruísmo faz falta no mundo...
Bela foto.

Uma doce Páscoa.

Delfim Peixoto disse...

Tu és, além de Artista, detentora de uma alma super estrelada!
( tenho pena de não te poder " seguir"!
Bjnhs...

Eu sei que vou te amar disse...

Uma imagem que simboliza a dor, a fuga, a inocencia do proprio ser humano face as adversidades da vida, e da guerra que o proprio derruba!
Um beijo doce e uma Pascoa Feliz

Parapeito disse...

Muitas vezes é em momentos tão terriveis que as pessoas revelam o
seu lado mais humano...
Que bom que continue haver por este mundo pessoas altruistas...faz me ter esperança!

Vim num pulinho para te desejar um bom domingo....cheio de brisas mornas e mansas...e caso gostes mtas amêndoas :)

Um abraço***

O2 disse...

Eu que cresci no meu de uma guerra... sei bem da importância e da grandeza desse altruísmo, ainda me lembro da expressão que tem, do som que imana, fecho os olhos e parece que foi ontem... sim, o ser humano é o bicho que mais extremos apresenta, pode ser cruel ao ponto de inventar guerras, matar sem sentido, e pode no meio do caos e do seu próprio desespero, oferecer a sua própria vida por outra, toda a sua atenção e amor sem nada em troca.

Alguém disse um dia:
“A verdadeira bondade do homem, esta em ajudar/amar aqueles que não representam força nenhuma”.

Beijo

Pedrasnuas disse...

Há quem seja verdadeiramente altruísta, ame e dê sem recompensas...e mais importante,sem ninguém saber
mas há casos em que o altruísmo é uma espécie de "farsa",tudo em nome do aplauso e da vaidade pessoal!

O meu sincero Abraço carinhoso a TODOS os que vieram e aos que ainda possam vir...