quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Esboço antigo

Tinta da china sobre papel

20 comentários:

Bloggirls disse...

Beijos querida e lindos dias pra ti.
Maravilhosas obras...parabens!

EDER RIBEIRO disse...

em dias que a homofobia viceja, o seu esboço traz um pouco de luz neste tempo de escuridão. Amar independe de gênero. Bjos.

Lilá(s) disse...

Parece que abris-te o baú e agora vais-nos surpreendendo! nem sei se gosto mais das formas,se dos detalhes.
Beijinhos e espero que o baú não tenha fundo

Manuela Freitas disse...

Todo o homem tem atrás de si uma «besta»? Não te rias, foi a primeira coisa em que pensei!
Posso não chegar lá, mas minha querida aprecio muito a tua criatividade!
Beijos,
manuela

AC disse...

Entre o ir e o ficar, siameses, mas não tanto...

Beijo :)

JB disse...

Seguir em frente é o caminho, mas muitas vezes hesitamos e paramos questionando os nossos passos... às vezes olhamos para trás para conseguirmos seguir em frente... um "eu" que se questiona...

Beijinhos

Fernanda disse...

Às vezes é preciso deixar para trás os nossos fantasmas, para podermos seguir frente e ultrapassar os muros que a vida nos vai apresentando.

Gosto muito dos teus trabalhos, como já tantas vezes te disse e este é excelente.

Beijinho grande

e continua sem exitações..:))

Mari Amorim disse...

Tenha uma semana iluminada,repleta de paz e boas energias!
um abraço fraterno,
Mari

Tatiana disse...

Uma bela obra de arte...
Aprecio muito o seu dom!
Beijos

H A R R Y G O A Z disse...

These sketches are wonderful!!!

Valéria Sorohan disse...

Sua arte tem um certo mistério.
Saudades daqui.

Meu beijooO*

Nilson Barcelli disse...

Muito bom.
Gosto do teu traço.
Beijos, querida amiga.

JB disse...

pedras,

venho aqui com o único propósito de agradecer do coração as palavras sentidas deixadas no meu cantinho azul.

Obrigada! :)

Virgínia do Carmo disse...

Reflexos, prolongamentos, unicidade... tantas são as sugestões atiradas aos nossos olhos!

Fantásticos, os detalhes :)

Beijinho

JPD disse...

O Homem
O seu corpo
A expressão
Os signos
Uma certa centralidade.
Bjs

CÉU ROSÁRIO disse...

“…porque metade de mim é partida e a outra metade saudade…”
“…porque metade de mim é o que ouço e outra metade é o que calo…”
“…porque de mim é amor e a outra metade também…”

Beijinhos e boa semana!

Fê-blue bird disse...

Deixar o passado? Seguir em frente!
É assim a minha humilde interpretação.

Beijinhos

uminuto disse...

ente o que parte e o que fica
entre a luz e as trevas
entre a dor e a paixão
assim fiquei na visão deste desenho
intenso!

JPD disse...

Hoje, às duas seguintes exposições acrescentaria à centralidade corporqal, a uma faceta da nossa maneoira de ser, da personalidade, a comunhão, o estar em comunidade; finalmente, a parceria.
Bjs, Pedras

Silenciosamente ouvindo... disse...

Maravilhosos trabalhos.Maravilhosos
mesmo. Tinha muito gosto em inserir
algum(uns)nos meus blogues se
autorizasse.
Obrigada pela visita e comentário
no meu http://sinfoniaesol.wordpress.com
Um beijinho e desejo que esteja bem.