quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Mi dibujo XI

13 comentários:

AC disse...

Posso estar errado, mas parece-me que quando "rabiscas" os teus "dibujos" deixas que a mente se solte, deambule por aí. E há tanto em nós que não conseguimos ainda descortinar...!

Pedras, estive na Madeira no meu primeiro ano de trabalho, era ainda muito verdinho. :) Entretanto parece que por aí as coisas mudaram, e os túneis e os viadutos são agora uma constante. As curvas e contracurvas num autocarro da Rodoeste devem agora fazer parte da lenda.
Na altura dei a volta à ilha à boleia, uma barbaridade para a época. Ah, e fui de barco do Funchal para S. Vicente, com tanta gente a bordo que, se alguém espirrasse, a embarcação corria o risco de ir ao fundo. Creio que foi num S. João. Saudades, pois é!

Beijo :)

Cristina Fernandes disse...

Tens mesmo que pensar seriamente em publicar estes desenhos fabulosos em livro... gosto imenso do traço!
Beijo grande
Chris

Ana disse...

É espantoso como alguém consegue fazer coisas destas!ou simplesmente imaginar...
Bjs, para ti, Pedrasimaginativas

Lilá(s) disse...

Pedras como é possivél teres escondido que eras uma grande artista? e quando te descoses a contar como consegues produzir tanto material e de qualidade!!!pasmo!
Beijinhos

Tatiana disse...

Fico impressionada com a exatidão de seus traços... Um dom sublime!

Beijos

Vanuza Pantaleão disse...

Saudade que eu tava de voltar aqui, amiga!
Agora só dei uma olhadela, mas volto para comentar com mais vagar.
Aproveito para desejar-lhe um 2011 muito, muito especial e gostoso!
Beijos aos montes!!!

Virgínia do Carmo disse...

É incrível o que podemos ver se simplesmente dermos asas aos nossos olhos!

Um beijinho :)

JB disse...

Uma tela que assenta na geometria do traço. Desvendá-la não é fácil, mas uma coisa é certa: todos os sentidos ficam despertos para se absorver a essência para lá do olhar!

Beijinho

José Sousa disse...

Olá Pedras!
Cada desenho e cada imaginação que fico fixado longos minutos em tão grande imaginação tua. Prabéns e como alguém disse, tens de editar um dia num livro.

Um doce beijo e bom ano

Nilson Barcelli disse...

Este teu magnífico desenho pode ser tanta coisa...
O teu talento para o desenho é inegável.
Querida amiga, boa semana.
Beijos.

uminuto disse...

traços de mistério, onde se soltam fantasmas que pairam em cada um de nós
vi...mexeu comigo...gostei muito
um beijo
bom ano

Manuela Freitas disse...

Olá Pedras Nuas, porque serás pedras nuas? Podia avançar hipóteses e errava com certeza!...Sei lá!...
Eu admiro bastante o teu poder criativo e imaginativo, principalmente quando é mais esdrúxulo e me motiva a andar a vaguear pelo teu dibuxo!!!
Beijos,
Manuela

Maria Letra disse...

Outro dibujo de que gosto. Bem diferente do anterior, quanto a mim, na mensagem que passa.